25 Mar 2010

a festa

LE FESTA

Vos sape que le vita es curte, un ferias in iste mundo,
ante e post es le nihil que vos non senti.
Gusta le brevitate del momento,
sed memora que vos ha alicun mission a facer.

Vos debe fruer lo que vos pote sin fullar le alteres,
le vita es un festa e le festa es de omnes!
Le vita es belle e il ha vino e fructos
e musica e jocos e le jubilo de facer le bon.

Post le festa il ha le somno que spera nos.
Dormi tranquille sin le manos tingite de sanguine.
Le festa es de omnes. Maledicite sia celles qui maculara lo
con lacrimas de viduas e de orphanos!
___________________________________________________
Vós sabeis que a vida é curta, umas férias neste mundo,
antes e depois está o nada que não sentis.
Fruí a brevidade do momento,
mas lembrai-vos que tendes alguma missão a cumprir.

Deveis fruir quanto puderdes sem calcar os outros,
a vida é uma festa e a festa é de todos!
A vida é bela e há vinho e frutos
e música e jogos e o prazer de fazer o bem.

Depois da festa existe o sono que nos espera.
Dormi tranquilos sem as mãos tingidas de sangue.
A festa é de todos. Malditos os que a macularem
com lágrimas de viúvas e de órfãos!


[Jonas Negalha, in Le Naufragio, 1975, p. 19]

No comments:

Post a Comment